A Coca-Cola, que patrocina a Eurocopa, teve uma perda de US$ 4 bilhões de dólares depois de um gesto do craque português Cristiano Ronaldo durante uma coletiva de imprensa nesta segunda-feira (14).

Duas garrafas de Coca-Cola haviam sido colocadas ao lado do jogador antes da entrevista. Cristiano as substituiu por garrafas de água.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo da política?

Assim, é só seguir o Jornal da Política no Facebook, você vai acompanhar tudo sobre políticaeconomiageral etc. Siga a gente para saber mais!

Facebook Comments