Após 20 dias de buscas, Lázaro Barbosa de Sousa, suspeito de matar uma família no Distrito Federal e de outros crimes também em Goiás, foi morto na manhã de hoje após confronto com agentes de segurança. A morte foi confirmada pelo diretor da Abin (Agência Brasileira de Inteligência), Alexandre Ramagem.

Vídeo mostra momento que Lázaro chega em base da polícia em GO

Criminoso era procurado por uma força-tarefa policial desde o dia 9 de junho, após matar uma família em Ceilândia, no DF. Aos 32 anos, ele já tinha extensa ficha criminal, fugiu três vezes da prisão e era acusado de diversos crimes desde 2007.

Facebook Comments