A PF (Polícia Federal) foi até a residência de um homem suspeito de ameaçar o presidente Jair Bolsonaro (PL) na cidade de Caicó, no Rio Grande do Norte. Uma equipe esteve na residência do morador nesta segunda-feira (7). O publicitário Bismarck Victor Diniz teria sugerido o envenenamento do presidente em uma postagem realizada nas redes sociais.

O chefe do Executivo fará visita à região para inaugurar a última etapa da transposição do rio São Francisco. Ele deve ir até o local com o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho (PL). Bismarck teria sugerido que alguém deveria aproveitar a presença de Bolsonaro para envenená-lo.

Ele foi ouvido pelos agentes, mas não chegou a ser preso. As obras dos eixos leste e norte do projeto de integração do rio São Francisco estão concluídas, e as águas da transposição devem chegar ao estado na quarta-feira (9), em evento com a presença do presidente e do ministro.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo da política?

Assim, é só seguir o Jornal da Política no Facebook, você vai acompanhar tudo sobre políticaeconomiageral etc. Siga a gente para saber mais! Participe do nosso grupo no Telegram 👉 https://t.me/jornaldapolitica

Facebook Comments