João Amoêdo, fundador do partido Novo, declarou voto em Lula neste segundo turno das eleições presidenciais. Ele disse à Folha:

“Os fatos, a história recente e o resultado do 1º turno, que fortaleceram a base de apoio de Bolsonaro, me levam à conclusão de que o atual presidente apresenta um risco substancialmente maior.”

Ao G1, Amoêdo disse que essa é “uma decisão difícil, pois não concordo com nenhum dos dois.

“A qualquer um que seja eleito, serei oposição desde o primeiro dia, mas meu direito de oposição tem mais chance de ser preservado com Lula do que Bolsonaro.”

Quer receber todas as notícias do Jornal da Política no seu e-mail? Assine nossa Newsletter. É grátis!

Facebook Comments