O presidente Jair Bolsonaro acredita que a PEC dos Precatórios, em discussão na Câmara dos Deputados, deve ser aprovada em segundo turno. O texto, que recebeu 312 votos favoráveis em primeira votação, determina um limite aos pagamentos das dívidas reconhecidas da União, traz mudanças no teto de gastos e permite a abertura de R$ 83 bilhões no Orçamento de 2022 para o custeio do Auxílio Brasil.  A expectativa é que a matéria seja colocada em pauta novamente ainda nesta semana, com grandes chances de aprovação. No entanto, o Bolsonaro reconhece: haverá desafios no Senado Federal. “Passou em primeiro turno, acho que passa no segundo, mas vamos ter problema no Senado. Por favor, um Brasil que projeta um excesso de R$ 300 bilhões não pode destinar mais R$ 30 bilhões para atender os mais necessitados? Um Brasil que no ano passado gastou, além do previsto, mais R$ 700 bilhões para atender as questões da pandemia, não pode gastar 30 bi para socorrer quem já passa necessidade?”, questionou o político, em entrevista à Jovem Pan Curitiba nesta segunda-feira, 08/11/2021.

Compartilhe esta matéria nas suas redes sociais. Use o link http://jdp.one/yrO.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo da política?

Assim, é só seguir o Jornal da Política no Facebook, você vai acompanhar tudo sobre políticaeconomiageral etc. Siga a gente para saber mais! Participe do nosso grupo no Telegram 👉 https://t.me/jornaldapolitica

Facebook Comments