Antes de ser preso, o presidente do PTB, Roberto Jefferson, ameaçou o ministro do STF Alexandre de Moraes. Em áudio enviado no grupo de Whatsapp do PTB e obtido por O Antagonista, o ex-deputado chamou o ministro de “cachorro do Supremo” e disse que Corte é um “partido comunista”.

Jefferson afirmou ainda que seus problemas com Moraes agora são “pessoais” e que vai resolvê-los “pessoalmente”.

“Eu já falei para o Xandão uma vez e vou repetir, o buraco comigo é mais embaixo, Xandão. Eu sei que você é metido a valente. A nossa conta é pessoal. Daqui para a frente, é pessoal. Não tem saída.Você está preseguindo pessoalmente a mim, perseguindo pessoalmente o PTB.”

O que é pessoal pessoalmente se resolve. A vida vai nos colocar frente à frente, para que pessoalmente nós possamos resolver esse problema, se Deus quiser.”

Áudio 👇

Fonte: O antagonista

Facebook Comments