O médico Marcelo Queiroga, presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia, aceitou o convite de Jair Bolsonaro para assumir o Ministério da Saúde.

Queiroga será o quarto ministro à frente da pasta. Ele assume no pior momento da pandemia, quando o Brasil soma quase 280 mil mortos.

Facebook Comments