ex-goleiro-bruno-domingo-espetacular-27012020132714811

A Justiça do Rio concedeu liberdade  condicional ao goleiro Bruno Fernandes das Dores de Souza, condenado a uma pena de 20 anos e 9 meses pela morte de Eliza Samúdio, em 2010. A decisão dessa quinta-feira é da juíza Ana Paula Abreu Filgueiras, da Vara de Execuções Penais.

O jogador foi condenado a 22 anos de prisão pela morte de Eliza Samúdio, em 2010. Ele deixou a cadeia em 2019 e depois passou a morar na região dos lagos do Rio.

images (15)

Apesar de o Ministério Público ter se manifestado contrário à decisão, a juíza atendeu ao pedido da defesa de Bruno: “não há qualquer óbice concreto à concessão do livramento condicional ao apenado, na medida em que ele preenche o requisito objetivo necessário desde 10/04/2022, conforme cálculo do atestado de pena atualizado”.

 

Receba notícias do Jornal da Política no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/jornaldapolitica

Facebook Comments