Reportagem do Estadão mostra que 6,86 milhões de testes para Covid-19 comprados pelo Ministério da Saúde perderão a validade entre dezembro e janeiro.

Os testes RT-PCR — que identificam se a pessoa está infectada pelo vírus — estão estocados num armazém em Guarulhos e ainda não foram distribuídos para a rede pública.

Facebook Comments