ex-presidente Lula (PT) afirmou que, caso Jair Bolsonaro (PL) perca a eleição presidencial em 2022, terá de respeitar a lei e ir “quietinho para casa” – assim como o petista fez nas ocasiões em que perder a corrida eleitoral, como em 1989, 1994 e 1998.

“Ele terá que obedecer (a lei) como eu tenho que obedecer. Ele vai perder e vai quietinho para casa, vai lamber suas feridas como eu fui muitas vezes que eu perdi as eleições e deixar a gente governar esse país com tranquilidade”, declarou o petista em entrevista à agência Reuters.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo da política?

Assim, é só seguir o Jornal da Política no Facebook, você vai acompanhar tudo sobre políticaeconomiageral etc. Siga a gente para saber mais! Participe do nosso grupo no Telegram 👉 https://t.me/jornaldapolitica

Facebook Comments