O presidente Jair Bolsonaro reagiu quinta-feira (24/03/2022), em live nas redes sociais, à decisão do Ministério Público Federal de apresentar à Justiça Federal em Brasília uma ação de improbidade administrativa contra ele e sua ex-secretária parlamentar da Câmara dos Deputados Walderice Santos da Conceição, conhecida como “Wal do Açaí”.

Bolsonaro é acusado de ter desviado recursos de seu gabinete de deputado federal por meio da nomeação dela, que seria funcionária fantasma.

Na live desta quinta, Bolsonaro disse “confessar” que “ela nunca esteve em Brasília”.

“Ela mora em Angra dos Reis. Eu duvido de qual deputado fora do DF que não tenha… pode ter 25 servidores. Em média, metade fica aqui, metade fica no estado. Este pessoal que está no estado não vem a Brasília, toma posse por procuração. Eu fiz isso a vida toda. A Wal ganhava o equivalente a 1,5 mil reais por mês”, tentou se justificar o ex-capitão. “Eu queria que o MP investigasse todas as matérias de jornal que saem aí. Sempre tem alguma coisa mexendo com servidor público. Por que não investiga todo mundo, só para cima de mim?”.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo da política?

Assim, é só seguir o Jornal da Política no Facebook, você vai acompanhar tudo sobre políticaeconomiageral, etc. Siga a gente para saber mais! Participe do nosso grupo no Telegram 👉 https://t.me/jornaldapolitica

Facebook Comments