51718194360_206c3768c5_o

O plenário do Senado acabou de aprovar, por 47 votos a favor a 32 contra, o nome do ex-AGU André Mendonça (foto) para o cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal.

Mendonça é o segundo magistrado indicado à Corte por Jair Bolsonaro. Após ter recebido o aval dos senadores, o ex-AGU está apto a ser nomeado pelo presidente e tomar posse no STF. Ele ocupará a cadeira deixada pelo ex-ministro Marco Aurélio Mello.

Mendonça contrariou Bolsonaro e descartou a possibilidade de conduzir orações em sessões do STF.

“Na vida, a Bíblia. No Supremo, a Constituição. Portanto, na Suprema Corte, defenderei a laicidade estatal e a liberdade religiosa de todo cidadão, inclusive dos que não professam qualquer crença”, declarou o ex-AGU.

“Tive preocupação grande e nunca coloquei no currículo o fato de eu ser pastor. Diante até da fala do presidente de orações, expliquei a ele que não há espaço para manifestação religiosa em sessão do Supremo, o que não significa que, antes de começar o trabalho ou antes de me alimentar, não faça minha oração”, afirmou.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo da política?

Assim, é só seguir o Jornal da Política no Facebook, você vai acompanhar tudo sobre políticaeconomiageral etc. Siga a gente para saber mais! Participe do nosso grupo no Telegram 👉 https://t.me/jornaldapolitica

Facebook Comments