O ministro do STF Alexandre de Moraes autorizou hoje (24/01/2022) o presidente afastado do PTB Roberto Jefferson cumprir prisão domiciliar.

Roberto foi preso preventivamente em agosto do ano passado, acusado de de integrar ‘organização criminosa digital’ montada para ataques à democracia.

Moraes atendeu a pedido da defesa de Roberto Jefferson. Na decisão, o ministro afirmou que, caso o ex-presidente do PTB volte a atacar ministros do STF, ele voltará a cumprir sua prisão preventiva em regime fechado.

“Destaco que o descumprimento injustificado de quaisquer dessas medidas ensejará, natural e imediatamente, o restabelecimento da prisão preventiva”, disse o ministro.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo da política?

Assim, é só seguir o Jornal da Política no Facebook, você vai acompanhar tudo sobre políticaeconomiageral etc. Siga a gente para saber mais! Participe do nosso grupo no Telegram 👉 https://t.me/jornaldapolitica

Facebook Comments